0 Flares 0 Flares ×

Operação que fiscaliza a venda de ovos de chocolate e brindes iniciou na segunda-feira (27). Vistoria ocorre em 22 estabelecimentos até o dia 31.

ovos

Ovos de chocolate em Macapá e Santana são fiscalizados pelo Ipem (Foto: Jorge Abreu/G1)

a proximidade da Páscoa, o Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Inmetro) no Amapá iniciou uma operação que fiscaliza a venda de ovos de chocolate e brindes. Segundo o órgão, pelo menos 2 mil produtos de 22 estabelecimentos de Macapá e Santana, cidades distantes 17 quilômetros, serão analisados até a sexta-feira (31).

De acordo com o gerente do Núcleo de Gestão da Qualidade do Ipem no Amapá, José Simon da Silva, o objetivo é eliminar a venda de itens irregulares e garantir ao consumidor um produto seguro e certificado.

“A iniciativa tem o intuito de oferecer aos consumidores a garantia de que estão adquirindo produtos certificados e que, se os brindes forem utilizados de maneira correta, não oferecerão perigo”, reforçou.

Fiscalização analisa ovos de chocolates e brinquedos que são brindes nos produtos (Foto: Divulgação/Ipem)

Fiscalização analisa ovos de chocolates e brinquedos que são brindes nos produtos (Foto: Divulgação/Ipem)

Ele completa que é preciso atenção na hora de adquirir o ovo de chocolate com brinquedo. “Na embalagem, é obrigatório ter a seguinte frase “Atenção: Contém brinquedo certificado no âmbito do Sistema Brasileiro de Avaliação da Conformidade”, alerta.

José Simon diz que a fiscalização ocorre desde 2009, e que esta primeira ação é voltada para a constatação da marca do Immetro nos brinquedos que acompanham os chocolates. Segundo ele, para a próxima semana, está prevista a fiscalização nos pesos dos produtos.

“Geralmente, são crianças que utilizam esse tipo de produto que pode conter materiais pequenos ou tóxicos. São itens observados”, disse.

Os estabelecimentos onde forem encontradas irregularidades serão notificados e terão os produtos apreendidos, informou o Ipem. O prazo para a defesa será de 10 dias. Depois, estarão sujeitos às penalidades previstas em lei.

Segundo o Ipem, ao final da fiscalização será divulgado um relatório apontando as irregularidades encontradas.

Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o VC no G1 AP ou por Whatsapp, nos números (96) 99178-9663 e 99115-6081.

 

Fonte: http://g1.globo.com/ap/amapa/noticia/mais-de-2-mil-ovos-da-pascoa-passam-por-fiscalizacao-no-amapa.ghtml